Última hora

Em leitura:

Liga Portuguesa J26: Benfica escorrega na Mata Real e Porto tropeça na passadeira vermelha


mundo

Liga Portuguesa J26: Benfica escorrega na Mata Real e Porto tropeça na passadeira vermelha

  • Bas Dost chega aos 24 golos, igual ou melhor que oito equipas da Liga Portuguesa
  • Arouca perde nos Barreiros, cinco derrotas em cinco jogos para Manuel Machado
  • Vitória de Setúbal sem derrotas nos quatro jogos frente a Benfica e FC Porto

Tinha tudo para ser uma tarde em grande no Estádio do Dragão. Casa cheia, o FC Porto em grande forma, com nove vitórias seguidas no campeonato, e a certeza que em caso de triunfo frente ao Vitória de Setúbal, chegaria à liderança da Liga Portuguesa na véspera de defrontar o Benfica no Estádio da Luz. Tinha tudo para ser o momento de viragem no campeonato mas a festa azul-e-branca ficou arruinada com um golo de João Carvalho.

A julgar pelo primeiro tempo, a equipa de Nuno Espírito Santo parecia bem lançada para um triunfo fácil. Sucederam-se as oportunidades de golo mas só Corona, ao cair do pano, conseguiu bater Bruno Varela. Tudo mudou após o descanso. João Carvalho não demorou a restabelecer a igualdade, um percalço que não estava previsto no guião dos 49 417 espetadores presentes e do qual o Porto nunca se conseguiu recompor. Acabaram-se as ideias, voltou o pontapé para a frente e acabou por não surpreender o empate a uma bola com que Manuel Oliveira apitou para o final do encontro.

A euforia portista tinha começado na véspera, quando o Benfica não foi além de um nulo na Mata Real e estendeu uma passadeira vermelha aos dragões rumo à liderança do campeonato. A equipa de Rui Vitória dominou o encontro mas as oportunidades criadas deveram-se mais ao volume ofensivo que à capacidade de criar oportunidades dignas desse nome. A equipa de Vasco Seabra nunca se deixou desequilibrar e somou o quarto empate consecutivo.

Em Alvalade, o Sporting atravessa o melhor momento da temporada e não sentiu grandes dificuldades para levar de vencida o Nacional da Madeira com dois golos do inevitável Bas Dost. Mesmo sem brilhar, a equipa leonina dominou por completo o encontro com o ponta de lança holandês a ser uma vez mais o abono de famíla. Soma agora 24 golos no campeonato, os seus companheiros de equipa, todos juntos, têm 25.

Já os madeirenses vão de mal a pior, encontram-se numa série de 13 encontros sem vencer e sem surpresa caíram para a última posição, ainda que com a companhia do Tondela. A equipa beirã foi a Moreira de Cónegos arrancar um empate a uma bola num duelo de aflitos. Imediatamente acima, o Estoril foi incapaz de aproveitar a oportunidade para se distanciar da linha de água ao não ir além de um empate a zero na receção ao Boavista.

Também em crise está o Arouca, que foi derrotado nos Barreiros por 3-1 e somou a sexta derrota consecutiva. Ainda assim, os 27 pontos que têm deverão ser suficientes para evitar males maiores. Com esta vitória, o Marítimo continua a sonhar com um lugar na Europa e continua a quatro pontos do Vitória de Guimarães, que recebeu e venceu o Rio Ave por 3-0, e seis do Sporting de Braga, que foi ao Restelo vencer por o Belenenses por 2-1, naquela que foi a primeira vitória fora de portas para Jorge Simão.

Por fim, destaque para o Feirense, onde Nuno Manta continua a impressionar na sua estreia como treinador principal. O jovem técnico soma seis vitórias e três empates nos doze jogos efetuados ao comando dos fogaceiros no escalão principal e este domingo ultrapassou uma desvantagem de dois golos para somar os três pontos na receção ao Desportivo de Chaves.

Figura da jornada

João Carvalho
O médio de 20 anos começou a temporada ao serviço do Benfica B mas cedo se percebeu que a segunda divisão era pequena para o seu talento. No mercado de inverno deu o salto para o Vitória de Setúbal e não tem desiludido entre a elite do futebol português. João Carvalho foi o eleito para substituir Ryan Gauld e para já tem sido o único a ganhar com a caricata decisão do Sporting de retirar o escocês aos sadinos. Este domingo saltou para a ribalta com um golo que valeu um ponto no Dragão, o seu primeiro golo no escalão principal.

mundo

Tudo o que precisa saber sobre o ano novo Nowruz