Última hora

#QMundial2018: Espanha goleai Israel, Croácia vence Ucrânia

O italiano Gianluigi Buffon cumpriu jogo 1000 na abertura da quinta jornada da fase de qualificaçao europeia para o Mundial da Rússia.

Em leitura:

#QMundial2018: Espanha goleai Israel, Croácia vence Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Espanha, Sérvia e Croácia saíram líderes dos respetivos grupos no final da primeira noite de jogos da quinta jornada da fase de qualificação europeia para o Mundial da Rússia.

Grupo D: Sérvia ultrapassa Irlanda

A Sérvia deslocou-se à Geórgia, ficou a perder logo aos seis minutos, com um golo de Katcharava, a aproveitar um erro enorme da defesa dos Balcãs. Ainda antes do intervalo, Dusan Tadic empatou de penálti. Na segunda parte, o autor do primeiro golo sérvio assistiu Mitrovic e Gacinovic para os “carimbos” do triunfo sérvio.

Na Irlanda, o País de Gales acabou com menos um jogador (Neil Taylor foi expulso, aos 70 minutos, com vermelho direto), mas o semifinalista do Euro2016 aguentou o nulo e mantém-se a quatro pontos do primeiro lugar, agora a sérvia.

A Áustria recebeu e venceu a última do grupo, a Moldávia, e igualou os galeses com sete pontos. Valeu o golo de Marcel Sabitzer aos 75 minutos.

Grupo G: Espanha e Itália dominam

Em Espanha, com a visita de Israel a ser aproveitada por cerca de meio milhar de pessoas para uma manifestação pacífica antes do jogo contra a política israelita em relação aos territórios palestinos, dentro das quatro linhas a seleção liderada por Julen Lopetegui também não poupou a equipa hebraica, mas aqui no plano desportivo.

Ao intervalo, a “roja” já vencia por 2-0, com golos de David Silva e de Vitolo. A abrir a segunda parte, Diego Costa — desconhecemos se zangado ou não como pediu o treinador na véspera — dilatou para 3-0.

À entrada do último quarto de hora, Refaelov reduziu, mas Isco fez o 4-1 aos 88 minutos e os espanhóis seguem na liderança, com a Itália colada com os mesmos 13 pontos.

No jogo 1000 de Gianluigi Buffon, a “squadra azurra” recebeu a Albânia e abriu o marcador aos 12 minutos, de penálti, por Daniele de Rossi.

Na segunda parte, depois do jogo ter sido interrompido devido ao lançamento de petardos para o campo, Ciro Immobile assinou o 2-0 após um excelente cruzamento de Davide Zappacosta.

No jogo entre os últimos, a Macedónia somou os primeiros três pontos, vencendo no Liechtenstein, por 3-0.

Grupo I: Croácia confirma favoritismo

No grupo I, a Croácia confirmou o favoritismo para o apuramento direto ao receber o segundo, a Ucrânia, e vencer. Um golo de Kalinic, aos 38 minutos, colocou os croatas com 13 pontos.

Os ucranianos foram “caçados” pela Islândia. A sensação do Euro2016 deslocou-se ao Kosovo e chegou ao intervalo a vencer com um bis de Sigurdsson.

Num jogo arbitrado pelo português Artur Soares Dias, os kosovares ainda marcaram o tento de honra, mas continuam sem conseguir uma vitória oficial desde que há um ano se juntaram à família FIFA.

Num dos jogos que abriu mais cedo a ronda, a Turquia recebeu e venceu a Finlândia, por 2-0. Um bis de Cenk Tosun, no espaço de quatro minutos logo no primeiro quarto de hora do jogo, permitiu aos turcos igualar a Ucrânia, a cinco pontos da Croácia e a dois do… play-off.