Última hora

Em leitura:

Amesterdão marcha em apoio de casal homossexual espancado


Holanda

Amesterdão marcha em apoio de casal homossexual espancado

Centenas de pessoas participaram numa marcha em Amesterdão, para mostrar solidariedade com um casal homossexual que foi espancado no fim de semana na cidade de Arnhem.

A marcha pacífica de quarta-feira fez parte de uma manifestação nacional em apoio do casal que foi agredido por estar de mãos dadas.

As autoridades disseram que cinco suspeitos, todos adolescentes, serão acusados de agressões graves.

“Acho que é realmente um absurdo, inacreditável. O sentimento é que estamos a andar para trás. Estamos aqui para fazer uma declaração, dizer às pessoas que é preciso avançar e não andar para trás,” afirma o participante na marcha Sjag Kozak, 42 anos.

Em sinal de solidariedade contra a violência homofóbica, os deputados Alexander Pechtol, líder do partido Liberal D66, e o colega Wouter Koolmees sairam do Parlamento holandês de mão dada, segunda-feira.