Última hora

Em leitura:

Exército sírio avança sobre Hama a uma semana da retoma das negociações em Genebra


Síria

Exército sírio avança sobre Hama a uma semana da retoma das negociações em Genebra

Rússia, Estados Unidos e ONU querem relançar na próxima semana as discussões de paz na Síria, quando rebeldes e exército prosseguem o braço de ferro em torno da cidade de Hama.

O exército sírio e os seus aliados militares tentam, desde o fim-de-semana, avançar sobre a localidade estratégica, controlada por várias fações islamitas, no centro do país.

Há relatos de violentos combates, depois das forças do regime terem retomado o controlo, no sábado, da cidade vizinha de Soran.

Na província de Idlib, no noroeste da Síria, um bombardeamento da aviação do regime teria atingido um hospital, numa zona rebelde, em Al Shanan, provocando apenas dois feridos.

Um clima de tensão que deverá marcar a retoma das discussões em Genebra, na próxima semana, mas ainda sem data marcada, segundo Moscovo.

Um diálogo difiícil depois do recente ataque químico em Idlib e após o atentado que vitimou 126 pessoas nos arredores de Alepo, no sábado, a maioria pessoas evacuadas das aldeias pró-regime de Foua e Kefraya.

Até ao momento, nenhum grupo armado reivindicou o ataque que vitimou pelo menos 68 menores, 17 combatentes rebeldes e vários voluntários do Crescente Vermelho que participavam na operação de evacuação de quatro cidades sitiadas pelo regime ou pelos rebeldes.

Pelo menos 7.200 pessoas foram já transferidas das localidades, quando mais de 3 mil aguardam, desde ontem, a última fase de um acordo, assinado em março e que parece, para já, suspenso após o ataque de sábado.