Última hora

Em leitura:

Turquia: sair ou ficar para lutar?


Turquia

Turquia: sair ou ficar para lutar?

As ruas são as de Sulukule, um dos mais antigos bairros de Istambul e centro da comunidade turca de origem cigana há mais de 1000 anos.

Um bairro que sucumbiu à gentrificação e que se tornou símbolo da oposição ao governo turco e da oposição dos sem poder aos poderosos.

Desta luta nasceu a inspiração para os Tahribad-ı İsyan, um grupo de rap que dá voz à juventude turca que não é ouvida. As letras apelam à luta de uma geração pelos seus direitos no país que é dela. Há um mês, depois de vários singles, lançaram o primeiro álbum: “As pessoas dizem que é impossível viver neste país. Actores dizem isto, artistas dizem isto, até pessoas comuns. Nós dizemos: se também sairmos do país, então não fica ninguém para o tornar melhor. É por isso que temos de ficar na Turquia e torná-la melhor. Podemos conseguir isso com música ou arte.”

Uma geração com o traço comum de ter crescido sob o governo do AKP, o Partido da Justiça e Desenvolvimento de Recep Erdoğan. A tensão política é frustrante e deixar o país pode ser solução.

No centro de Istambul, o Parque Gezi tornou-se um símbolo de liberdade de expressão e uma voz política, há 4 anos. Muitas plataformas novas e alternativas de media emergiram dessa turbulência política.

É o caso de 140Journos. A equipa de Engin Önder, o co-fundador, participa em 16 plataformas diferentes. Numa rua do bairro de Kadiköy, o sítio eletrónico finta a censura turca reservada aos mass media: “Durante os protestos do Parque Gezi, os media, devido ao sistema político, não cobriram nada. E foi isso que fez com que o foco estivesse em nós. Fomos para as ruas, porque os media não estavam a cobrir o que queríamos ver. Então dissemo-nos que podíamos criar o que queremos consumir.”
Debates no whatsapp, grupos de trabalho no facebook, transmissão em directo no Periscope, o site é pioneiro em Jornalismo de Novos Media na Turquia.

A nova geração em rimas, em vídeo, online e a chegar aos outros. A nova geração, o futuro do país. Muitos sonham em sair, mas há quem aproveite o fogo real da tensão política para alimentar a vontade de uma Turquia liberta e democrática.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

EUA

E.U.A. querem conter ambições nucleares do Irão