Última hora

Em leitura:

Presidente da Macedónia convida partidos para reunião de emergência


Macedónia

Presidente da Macedónia convida partidos para reunião de emergência

Depois da invasão do Parlamento da Macedónia, maioritariamente por apoiantes da maioria conservadora, o presidente do país convidou, para uma reunião de emergência, os líderes políticos.

Os confrontos de quinta-feira duraram várias horas e acabaram com 77 pessoas feridas, a maioria sem gravidade.

A tensão política mantém-se, esta sexta-feira. O chefe de Estado quer resolver o problema através do diálogo:

“Não há questões que não possam ser resolvidas através do diálogo, de acordo com a constituição da Macedónia, por isso, convido todos os líderes dos partidos com assento parlamentar a vir ao meu gabinete para que possamos discutir a situação atual”, pediu Gjorge Ivanov.

O incidente ocorreu depois de divulgado que o PSD e as três formações albanesas, representadas no parlamento, elegeram, após o fim da sessão, o presidente do parlamento.

Os conservadores do VMRO-DPMNE, vencedores das últimas eleições, mas sem maioria, falam em “golpe de Estado”, até porque o país ainda não tem governo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

Trump: "Guerra com Coreia do Norte é uma possibilidade real"