This content is not available in your region

Trump levanta proibição de Obama à prospeção petrolífera no Ártico

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Trump levanta proibição de Obama à prospeção petrolífera no Ártico

<p>Donald Trump desfez mais uma decisão da anterior administração Obama, na véspera de cumprir cem dias no poder sem uma medida do seu programa aprovada no Congresso.</p> <p>O presidente voltou a recorrer a um decreto para cancelar a proibição à prospeção petrolífera no Ártico e noutras zonas costeiras do país, ordenando uma revisão dos santuários marítimos protegidos pelo seu predecessor no cargo.</p> <p><iframe src="https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Ffolhadesp%2Fvideos%2F1796786713696657%2F&show_text=0&width=400&source=8" width="400" height="400" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allowFullScreen="true"></iframe></p> <p>“É um grande dia para os trabalhadores americanos e para as famílias, hoje estamos a libertar a energia americana e a abrir o caminho para milhares e milhares de empregos bem pagos no setor da energia americana. Este decreto inicia o processo de abertura das zonas costeiras à criação de emprego na prospeção energética. Este decreto anula a anterior proibição de prospeção no Ártico”.</p> <p>A medida de Trump é anunciada, no entanto, depois da nova administração ter revisto a promessa de retirar a assinatura de Washington do acordo climático de Paris.</p> <p>Com o novo decreto, Trump pretende cumprir o objetivo de aumentar a produção energética, ao mesmo tempo que é desafiado por democratas e ambientalistas que prometem uma nova batalha nos tribunais.</p> <p>As águas do Ártico encerram mais de 90 mil milhões de barris de petróleo, um terço dos quais só na zona do Alaska. A prospeção petrolífera representa, no entanto, um risco ambiental num ecossistema fragilizado pelo aquecimento global.</p>