Última hora

Em leitura:

Furacão social em formação contra Emmanuel Macron


França

Furacão social em formação contra Emmanuel Macron

Ainda no rescaldo da noite eleitoral, Paris enche-se de manifestantes de extrema-direita contra o programa político do frescamente eleito Emmanuel Macron que projecta reformas sem diálogo social.

Também jovem das secções da CGT, sindicatos de estudantes e associações vieram lembrar que nunca aceitarão o fim da batalha contra a Lei do Trabalho, um dos primeiros grandes dossiês que o presidente pretende pôr em marcha logo após as legislativas de em junho.

“Nós não queremos um presidente que foi escolhido por Bruxelas, pelo lobby dos banqueiros e que só representa 30 por cento das pessoas que votaram nele.”

“Devemos mostrar que estamos presentes mesmo se alguns tenham votado por ele vamos ser muito vigilantes não queremos aceitar o que ele começou a destruir no seu mandato de ministro o código do trabalho como o fez e sobre isso não vamos permitir.”

Emmanuel Macron planeia legislar por decreto para reformar o Código do Trabalho. A esquerda sente o vento contrário e os sindicatos preparam a guerra contra o poder

Jean-Pierre Rioux: "Macron fará menos comemorações que Hollande"

França

Jean-Pierre Rioux: "Macron fará menos comemorações que Hollande"