Última hora

Última hora

Brasil: Michel Temer acusado de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa

Em leitura:

Brasil: Michel Temer acusado de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça brasileira vai investigar Michel Temer por três crimes: corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa.

O inquérito foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal e tem por base a denúncia do empresário Joesley Batista.


De acordo com os documentos, divulgados, esta sexta-feira, o presidente brasileiro é acusado de receber cerca de 15 milhões de reais, o equivalente a 4 milhões e 200 mil euros, para facilitar as ações da JBS, empresa dos irmãos Batista -Joesley e Wesley.

Temer negou, esta semana, as acusações, afirmou que está a ser alvo de perseguição política e garantiu que não pretende demitir-se.


A Procuradoria-Geral da República vai, ainda, investigar o antigo senador Aécio Neves pelos mesmos crimes.

O depoimento do empresário brasileiro implicou, ainda, os antigos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Joesley Batista afirmou ter mantido duas contas no estrangeiro, no valor de 150 milhões de dólares (mais de 135 milhões de euros) para pagamento de subornos aos anteriores chefes de Estado.

O proprietário da JBS revelou que o dinheiro era gerido pelo antigo ministro das Finanças, Guido Mantega.