Última hora

Em leitura:

A Despedida do capitão da Roma


Desporto

A Despedida do capitão da Roma

O histórico ‘capitão’ da Roma, Francesco Totti, que disputou no domingo o último jogo com a camisola do clube da capital, admitiu ter medo e pediu aos adeptos romanos que o apoiem neste período difícil que o espera.

Totti, de 40 anos, entrou aos 54 minutos para o lugar do egípcio Mohamed Sallah, na sua derradeira partida frente ao Génova, que a equipa romana venceu por 3-2, com um golo Diego Perotti no último minuto, para assegurar o segundo lugar e o acesso direto à ‘Champions’, em detrimento do Nápoles.

A sua entrada em campo pela última vez fez perpassar uma forte emoção por todo o Estádio Olímpico, agradecido ao seu ídolo, que disputou 786 jogos com a camisola da Roma, tendo marcado 307 golos.

“Tenho medo. Desta vez sou eu que preciso do vosso apoio. O apoio que sempre me deram. Queria mais 25 anos. Ser ‘capitão’ desta equipa foi uma honra, o meu coração estará sempre convosco”, declarou Francesco Totti, visivelmente emocionado pela sua despedida dos relvados, pelo menos italianos.

(Agência Lusa)