Última hora

Última hora

Cabul sofre atentado em pleno Ramadão

A maior parte das vítimas são civis afegãos que estavam a caminho do trabalho na zona onde se encontram as embaixadas, o palácio presidencial e o canal estatal de televisão.

Em leitura:

Cabul sofre atentado em pleno Ramadão

Tamanho do texto Aa Aa

A explosão desta manhã em Cabul ocorre poucos dias depois do início do mês sagrado do Ramadão.

A maior parte das vítimas são civis afegãos que estavam a caminho do trabalho na zona onde se encontram as embaixadas, o palácio presidencial e o canal estatal de televisão.

“Ouvi um enorme estrondo e não me apercebi do que era. Estava sentado numa sala. Era suposto ir aos estúdios de televisão para uma entrevista. A parede ruiu e várias tábuas de madeira cairam-nos em cima. Fiquei preso debaixo das tábuas. A seguir apercebi-me de que havia outras pessoas por terra e vi sangue a correr”, afirmou uma testemunha.

A explosão estilhaçou janelas e provocou danos em edifícios situados a centenas de metros do local.

O ministro alemão dos negócios estrangeiros, Sigmar Gabriel, condenou o atentado afirmando tratar-se de um ato desprezível.

As autoridades dizem que já estão a investigar o atentado tendo já lançado um apelo para donativos de sangue aos hospitais.