Última hora

Em leitura:

Balotelli renova com o Nice e continua a jogar em França


Desporto

Balotelli renova com o Nice e continua a jogar em França

Mario Balotelli prolongou contrato com o Nice e vai jogar pelo menos mais uma temporada na Liga francesa, com a Liga dos Campeões no horizonte. O avançado até já se treinou esta manhã com os companheiros de equipa.

O italiano fez fama fora das quatro linhas e até José Mourinho teve dificuldades para manter na linha o possante avançado nos tempos do Inter de Milão (2008-20’10). Mas este ano, Balotelli calou os críticos e, aos 26 anos, está apostado em dar continuidade ao ressurgimento ao mais alto nível no futebol mundial.


Com passagens irregulares pelo futebol inglês (Manchester City e Liverpool) e um regresso modesto a Milão, para jogar no rival do Inter, o AC Milan, “Super Mário”, como é tratado no Nice, terminou a última época com 17 goloos em 28 jogos, incluindo Liga Europa e Taça da Liga de França.

O italiano foi um dos principais suportes da equipa para garantir o terceiro lugar na “Ligue 1” e o consequente apuramento para a terceira eliminatória da Liga dos Campeões.


Com a equipa já a trabalhar há uma semana, Balotelli assinou a renovação domingo à noite e esta segunda-feira de manhã já estava de volta aos treinos com os companheiros de equipa.

O clube não precisou a duração do novo vínculo, garantindo apenas na página oficial na internet que iria contar com o italiano de novo na temporada de 2017/18. Alguns meios de comunicação, incluindo o jornal desportivo L’Equipe e o regional Nice Matin, avançam que a renovação será de dois anos.


Quem Balotelli já não reencontrou nos trabalhos do Nice foi Ricardo Pereira. O lateral-direito português estava emprestado pelo FC Porto, regressou ao clube português e é um dos reforços nos planos do novo treinador Sérgio Conceição.

A permanência de Ricardo Pereira no Dragão está, contudo, em dúvida porque o lateral tem clubes interessados e o FC Porto está obrigado a conseguir fazer cerca de 100 milhões de euros em vendas de jogadores — fez até agora pouco mais de metade.


Um dos clubes interessados em Ricardo Pereira será o Paris Saint-Germain, que agora tem como diretor desportivo o português ex-FC Porto Antero Henrique. O emblema presidido por Pinto da Costa exige o pagamento da clásusula de rescisão do lateral fixada em 25 milhões de euros.