Última hora

Em leitura:

Lula da Silva condenado a nove anos e seis meses de prisão por corrupção


Brasil

Lula da Silva condenado a nove anos e seis meses de prisão por corrupção

Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão.

O juiz Sérgio Moro condenou, esta quarta-feira, o antigo presidente brasileiro pelos crimes de corrupção e branqueamento de capitais, no caso do tríplex de Guarujá, no estado de São Paulo.


Esta é a primeira condenação contra o petista, no âmbito da Operação Lava Jato. Lula responde ainda, na Justiça por mais quatro acusações de crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e obstrução da Justiça.

O antigo presidente não será preso já. O Supremo Tribunal Federal brasileiro considera que a pena só começará a ser cumprida caso seja ratificada pela segunda instância.


Lula da Silva é acusado de receber um suborno de 3,7 milhões de reais (cerca de 1 milhão de euros) da empreiteira OAS, na sequência de contratos da empresa com a petrolífera estatal Petrobras.

O petista negou sempre as acusações.

Caso o tribunal de segunda instância ratifique a sentença desta quarta-feira, o antigo presidente fica impedido de se candidatar às eleições presidenciais de 2018, devido à Lei da Ficha Limpa.

Quem reagiu, já, à sentença foi Dilma Roussef. Na rede social Twitter, a antiga presidente brasileira escreveu que “condenação de Lula é um escárnio”.


Tribunal condena Lula da Silva a mais de nove anos de prisão por corrupção

Brasil

Tribunal condena Lula da Silva a mais de nove anos de prisão por corrupção