Última hora

UE aproxima-se do Atlântico Sul

O Comissário Carlos Moedas assinou, esta quinta-feira, em Lisboa, e em nome da União Europeia, o acordo para a cooperação em investigação e inovação do Atlântico Sul, com o Brasil e África do Sul.

Em leitura:

UE aproxima-se do Atlântico Sul

Tamanho do texto Aa Aa

O Comissário Carlos Moedas assinou, esta quinta-feira, em Lisboa, e em nome da União Europeia, o acordo para a cooperação em investigação e inovação do Atlântico Sul, com representantes governamentais do Brasil e África do Sul.

A “Declaração de Belém” define a forma como a cooperação entre os países da UE e do Atlântico Sul vai ser feita, no que diz respeito aos desafios científicos e sociais.

O acordo prevê o reforço da observação no oceano Atlântico, através do aumento dos recursos e melhoria dos conhecimentos, com o objetivo de promover o apoio necessário à proteção dos ecossistemas que se encontram sob pressão.

A assinatura do documento aconteceu à margem de uma conferência ministerial, organizada pela Comissão Europeia na Fundação Champalimaud.

Segundo Carlos Moedas o Acordo de Belém visa alinhar as agendas, dos três parceiros, no que diz respeito à investigação científica e “tornar mais eficiente o financiamento à investigação e inovação”