Última hora

Em leitura:

O que precisa de saber sobre o referendo da oposição ao presidente Maduro


Venezuela

O que precisa de saber sobre o referendo da oposição ao presidente Maduro

Com Lusa e EFE

Tem lugar na Venezuela, este domingo, um referendo não-oficial e sem força vinculativa, levado a cabo por forças da oposição, com o objetivo de reforçar a ideia de que o presidente venezuelano, Nicolas Maduro, (PSUV, chavista) não goza do apoio da maioria da população, tal como a sua iniciativa em criar uma Assembleia Constituinte.

Aqui ficam os pontos mais importantes relativamente ao referendo, que conta com o apoio de vários países latino-americanos.




Que questões são abordadas na consulta?

– A aprovação ou rejeição das mudanças constitucionais defendidas pelo presidente Maduro

– O papel das Forças Armadas na proteção da Constituição de 1999

– A possibilidade de que venha a ser formado um Governo de União Nacional e de que sejam convocadas eleições

Qual a posição da cidadania relativamente à iniciativa de Maduro?

– Segundo a empresa de sondagens Datanalisis, 70% opoe-se à Assembleia Constituinte

– Cerca de 80% critica a gestão do chefe de Estado venezuelano




Como afeta o referendo os luso-venezuelanos em Portugal?

– A oposição venezuelana prevê que votem cerca de cinco mil cidadãos em todo o país

– Existem oficialmente cerca de 20 mil venezuelanos com direito a voto em Portugal

– A Venexos, Associação Civil de Venezuelanos diz que o número de votantes poderá ser superior a cinco mil