Última hora

Um país em convulsão e um violinista

Wuilli Arteaga é o nome do violinista venezuelano que se tornou em mais uma das vítimas dos confrontos entre os que protestam contra o Presidente Nicolás Maduro e os que apoiam o governo. Arteaga tornou-se famoso por tocar o hino nacional enquanto à sua volta se registam confrontos.

Em leitura:

Um país em convulsão e um violinista

Tamanho do texto Aa Aa

Wuilli Arteaga é o nome do violinista venezuelano que se tornou em mais uma das vítimas dos confrontos entre os que protestam contra o Presidente Nicolás Maduro e os que apoiam o governo.

Sábado, Wuilli foi socorrido pelos paramédicos na rua com a cara coberta de sangue.

Apesar dos ferimentos no rosto, o jovem de 23 anos afirma estar disposto a tudo pela Venezuela.

“Não nos param, nem com chumbo, nem com balas de borracha, nem esmagando o meu violino. Vamos continuar a luta. Vamos continuar a luta pela Venezuela,” afirmou Wuilli Arteaga na cama do hospital.

Arteaga, um dos apoiantes dos protestos antigovernamentais, tornou-se famoso por tocar o hino nacional enquanto à sua volta se registam confrontos.

Desde que em abril se iniciaram as manifestações no país que tem as maiores reservas de petróleo, os confrontos entre os pró e anti Maduro já provocaram mais de 100 mortos.