Brexit: Bruxelas diz a Hammond que transição só é debatida depois de acordo

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com LUSA
Brexit: Bruxelas diz a Hammond que transição só é debatida depois de acordo

<p>A Comissão Europeia diz que o período de transição “pós-Brexit” só será debatido quando estiver concluído o acordo sobre os termos da saída do Reino Unido do bloco comunitário.</p> <p>Bruxelas respondeu assim ao ministro britânico das Finanças, que defendeu um período transitório de três anos para o estabelecimento de uma “nova relação a longo termo”, que deverá segundo Philip Hammond estar concluído antes das eleições gerais de 2022 no país.</p> <p>Hammond: “Penso que o que o público britânico quer é ver, no primeiro dia depois da saída, que tudo continua essencialmente como antes. Quer ir ao supermercado e encontrar produtos franceses e espanhóis nas prateleiras, como sempre, e ir ao aeroporto para apanhar um avião para um destino de férias na Europa, como habitualmente.”</p> <p>Londres espera obter um período de transição progressiva entre a saída oficial do bloco, agendada para 29 de março de 2019, e a entrada em vigor do acordo bilateral que vai definir a futura relação com a União Europeia. A próxima ronda negocial entre Bruxelas e o governo britânico está marcada para 28 de agosto.</p> <p><a href="https://www.ifs.org.uk/publications/9562">De acordo com o Instituto de Estudos Fiscais</a>, um “think tank” britânico, a população do Reino Unido poderá enfrentar flutuações “consideráveis e imprevisíveis” nos preços dos alimentos na fase “pós-Brexit”, devido a um reforço nas barreiras comerciais e a uma libra enfraquecida.</p>