Última hora

Frente al-Nusra sai do Líbano

O grupo militante libanês Hezbollah e a Frente al-Nusra, o ramo sírio da Al-Qaeda, iniciaram, quarta-feira, o repatriamento acordado. Autocarros transportando militantes da Frente al-Nusra e refugiados sírios deixaram a fronteira libanesa com destino à província de Idlib, noroeste da Síria.

Em leitura:

Frente al-Nusra sai do Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo militante libanês Hezbollah e a Frente al-Nusra, o ramo sírio da Al-Qaeda, iniciaram, quarta-feira, o repatriamento acordado.

Autocarros transportando militantes da Frente al-Nusra e refugiados sírios deixaram a fronteira libanesa com destino a uma parte rebelde da Síria.

Sob o acordo, cerca de 7.000 sírios, incluindo 1.000 militantes, suas famílias e refugiados, devem deixar a cidade libanesa de Arsal e a área de fronteira circundante e dirigir-se para a província de Idlib, no noroeste da Síria, informaram os meios de comunicação do Hezbollah.

Apoiantes do grupo Hezbollah reuniram-se na localidade libanesa de Labweh, na quarta-feira, para comemorar a libertação de três combatentes que estavam prisioneiros da afiliada da Al-Qaeda. Os combatentes foram libertados em troca por 3 membros da Frente al-Nusra.