Última hora

Realizador russo anti-Putin detido por suspeita de fraude

Caso seja considerado culpado, o realizador de "O Discípulo" arrisca uma pena de prisão de 10 anos.

Em leitura:

Realizador russo anti-Putin detido por suspeita de fraude

Tamanho do texto Aa Aa

O realizador russo Kirill Serebrennikov, conhecido pela posição crítica face ao Kremlin, foi detido por suspeita de desvio de fundos públicos. O também encenador teatral, responsável pelo Centro Gogol de Moscovo, é alvo de um inquérito por “fraude em larga escala”, segundo o comité responsável. Em causa estará o paradeiro de quase 70 milhões de rublos, pouco menos de 1 milhão de euros, atribuídos para a criação de um projeto teatral chamado “Plataforma”.

Caso seja considerado culpado, o realizador de “O Discípulo”, filme distinguido o ano passado em Cannes, arrisca uma pena de prisão de 10 anos.

Várias figuras de proa do panorama artístico europeu, como a atriz Isabelle Huppert ou o diretor do Festival de Avignon, Olivier Py, já se insurgiram contra esta detenção, que muitos consideram ser devida à oposição declarada do artista a Vladimir Putin.