Última hora

Mais dois alemães detidos na Turquia

No último ano, vários cidadãos europeus foram detidos na Turquia, muitos acusados de envolvimento na tentativa falhada de Golpe de Estado de julho de 2016.

Em leitura:

Mais dois alemães detidos na Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Mais dois cidadãos alemães foram detidos na Turquia.

Segundo um porta-voz do Ministério germânico dos Negócios Estrangeiros, Berlim ainda não foi contactada pelas autoridades de Ancara sobre as novas detenções que estima terem ocorrido na sexta-feira.

A chanceler alemã, Angela Merkel, exigiu, no início desta semana, que o Governo de Recep Tayyip Erdogan libertasse o jornalista Deniz Yucel e a tradutora Mesale Tolu, dois cidadãos alemães que estão há mais de seis meses em prisão preventiva.

No último ano, vários cidadãos europeus foram detidos na Turquia, muitos acusados de envolvimento na tentativa falhada de Golpe de Estado de julho de 2016.

Um evento que provocou a fuga de vários cidadãos turcos, opositores ou críticos do regime de Erdogan. Nos últimos meses, as autoridades germânicas têm registado o escalar de pedidos de asilo no país.

De acordo com os media alemães, que citam o Ministério do Interior, entre maio e julho, deste ano, mais de 1500 cidadãos turcos pediram asilo político.

Desde julho do ano passado, o Governo turco colocou em marcha uma purga no país. Mais de 50 mil pessoas foram detidas e mais de 100 mil foram destituídas.