Última hora

Caso Maëlys: aberto inquérito judicial por rapto e sequestro

Aberto inquérito judicial por rapto e sequestro de Maëlys de Araújo. Foram ouvidas mais de 200 pessoas e realizadas mais de 40 buscas

Em leitura:

Caso Maëlys: aberto inquérito judicial por rapto e sequestro

Tamanho do texto Aa Aa

O procurador-adjunto de Grenoble, Laurent Becuywe, anunciou no sábado a abertura de um inquérito judicial por rapto e sequestro de Maëlys de Araújo, a lusodescendente de 9 anos de idade que desapareceu de uma festa de casamento na madrugada de domingo, dia 27 de agosto.

Segundo o procurador não está excluída nenhuma pista, mas as suspeitas que recaíam sobre os dois homens detidos e entretanto libertados não eram suficientes fortes para serem levados a tribunal.

Laurent Becuywe disse que foram ouvidas mais de 200 pessoas e realizadas mais de 40 buscas, no âmbito do desaparecimento da menina, e que as investigações no terreno estão na fase final.