Última hora

Última hora

Catalunha desafia Madrid e inicia campanha pelo "sim" no referendo

Ignorando a decisão judicial contra o referendo, os independentistas catalães realizaram o primeiro comício da campanha

Em leitura:

Catalunha desafia Madrid e inicia campanha pelo "sim" no referendo

Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Catalunha e os líderes independentistas deram início, na quinta-feira, à campanha pelo “sim” no referendo para a independência. Desafiando o governo de Mariano Rajoy, cerca de 7.500 pessoas reuniram-se na Tarraco Arena, a antiga Praça de Touros de Tarragona.

“No dia 1 vamos votar”, reiterou o presidente do Governo da Catalunha, Carles Puigdemont:

“Eles disseram que não poderíamos fazer tudo isto e agora todas aquelas pessoas que nos disseram que não poderíamos fazer tudo isto ainda dizem que não votaremos em 1 de outubro. Que acham que vamos fazer no dia 1 de outubro? Vamos votar!”, disse o presidente da Generalitat.

O comício de quinta-feira foi o primeiro de três eventos importantes que os independentistas planeiam para a campanha, que se desenrolará até dia 29.

Os independentistas, que têm uma maioria de deputados no parlamento regional da Catalunha desde setembro de 2015, defendem que cabe apenas aos catalães decidir se a região deve continuar a fazer parte de Espanha. O governo de Madrid evoca a Constituição de Espanha e afirma que a decisão sobre uma eventual separação deve ser tomada pela totalidade dos cidadãos espanhóis.