Última hora

Iraque aperta o controlo nas fonteiras curdas

Referendo do Curdistão pela independência leva ao encerramento de fronteiras.

Em leitura:

Iraque aperta o controlo nas fonteiras curdas

Tamanho do texto Aa Aa

A percentagem de participação no referendo ultrapassou os 70%, apesar das ameaças dos países vizinhos.
Enquanto se esperam os resultados oficiais do referendo os curdos têm saído às ruas em demonstrações de apoio à votação.

O Irão e a Turquia já tinham ameaçado com retaliações – agora chega a vez do Iraque que também pretende fechar as fronteiras: “Uma das decisões tomadas pelo conselho de ministros hoje foi a de controlar as fronteiras terrestres e aéreas, na região (curda) e no Iraque. O conselho de segurança nacional já tinha emitido esta decisão antes, mas hoje tornou-a obrigatória. A decisão inclui todas as fronteiras e a suspensão de todos os voos externos de e para a região (curda), incluindo os voos de e para os aeroportos de Irbil e Suleimaniyah”, disse o primeiro-ministro iraquiano.

O referendo foi realizado em torno de fortes tensões. O Irão, a Turquia e o governo de Bagdad opuseram-se à consulta. O Irão tem vindo a realizar exercícios militares perto da fronteira iraquiana, numa demonstração de descontentamento.