Última hora

"A fábrica de nada" chega aos ecrãs portugueses

O filme de Pedro Pinho, já premiado em festivais, vai também ter estreia comercial em França.

Em leitura:

"A fábrica de nada" chega aos ecrãs portugueses

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de operários descobre, uma noite, que a administração da fábrica onde trabalham está a preparar uma deslocalização e a retirar equipamento. Decidem proteger as máquinas e são castigados – obrigados a permanecer nos postos, mas sem nada para fazer.

“A fábrica de nada” é uma crítica aos tempos que correm – um filme com a assinatura de Pedro Pinho, que assina aqui a segunda longa-metragem de ficção, depois de “um fim do mundo”. “A fábrica de nada” está agora nos ecrãs de Portugal, depois de ter passado por um punhado de festivais, incluindo a Semana dos Realizadores de Cannes, Toronto ou Munique, onde foi premiado. O filme vai também ter estreia comercial em França, onde chega em dezembro.