Última hora

Polícia alemã procura homem suspeito de ter adulterado produtos alimentares para bebés

As autoridades alemãs suspeitam que o homem que há dias chantageou vários retalhistas tenha passado das palavras aos atos e adulterado produtos alimentares para bebés

Em leitura:

Polícia alemã procura homem suspeito de ter adulterado produtos alimentares para bebés

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a caça ao homem no sul da Alemanha. A polícia está à procura de um indivíduo, na casa dos 50 anos, suspeito de ter chantageado vários retalhistas e de ter adulterado produtos alimentares para bebés.

As imagens captadas pelas câmaras de segurança numa superfície comercial perto de Constança, no sul do país, são para já a única pista das forças de segurança.

Até ao momento não há registo de vítimas de envenenamento, mas o facto de na semana passada terem sido encontrados cinco frascos de comida para bebé com um produto tóxico está a preocupar os consumidores.

“Comprei comida de bebé, mas quero devolvê-la. Tenho a certeza que está tudo bem, mas por medida de segurança vou devolvê-la. É importante saber o que estou a dar aos meus filhos” refere uma mulher.

Outra adianta: “Enquanto consumidora tenho medo, sobretudo, porque há crianças envolvidas.”

“Felizmente, ainda, estou a amamentar. Mas o que está acontecer é mau, sobretudo porque estamos a falar de bebés que não se podem defender” acrescenta uma habitante de Constança.

A polícia aconselha os consumidores a cuidados redobrados. Mais de 200 agentes estão no encalce do homem que, num email enviado a várias retalhistas ameaçava adulterar produtos alimentares à venda na Alemanha, e nas filiais no estrangeiro, caso não recebesse cerca de 10 milhões de euros.