Última hora

Várias frentes ativas em incêndios do centro do país

Os ventos e a violência do próprio incêndio dificultam o seu combate.

Em leitura:

Várias frentes ativas em incêndios do centro do país

Tamanho do texto Aa Aa

O incêndio florestal que deflagrou em Pampilhosa da Serra continua a lavrar com grande intensidade, com seis frentes, naquele concelho e no de Arganil – distrito de Coimbra, centro.

Os ventos e a violência do próprio incêndio, que progride em zonas densamente florestadas e onde a matéria combustível está cada vez mais seca, favorecem a propagação das chamas e dificultam o seu combate.

Além disso, os meios de combate disponíveis são cada vez menos, tantas têm sido as ocorrências. Entre a meia-noite e as 22 horas de sábado, registaram-se, no território do continente, mais de duas centenas de incêndios, quantidade superior à verificado em alguns dias de agosto.

O incêndio, que alastrou ao concelho de Arganil, estava, na noite de sábado, a ser combatido por 580 operacionais, apoiados por 176 viaturas.

As estradas nacionais da região permanecem cortadas ao trânsito.

Com Lusa