Última hora

Eurodeputado regionalista confiaria a mediação na Catalunha à Estónia

Eurodeputado espanhol regionalistal, Josep-Maria Terricabras, confiaria a mediação na Catalunha à Estónia

Em leitura:

Eurodeputado regionalista confiaria a mediação na Catalunha à Estónia

Tamanho do texto Aa Aa

Eleito pelo Partido Esquerda Republicana da Catalunha, o eurodeputado Josep-Maria Terricabras acompanhou a sessão do Parlamento catalão a partir do seu escritório em Bruxelas, cercado por jovens entusiastas da independência naquela província espanhola.

O eurodeputado, membro do grupo Aliança Livre Europeia (regionalista), considera positivo o novo compasso de espera proposto pelo líder da Catalunha.

“Primeiro, negou que poderia participar mas agora, especialmente porque Donald Tusk disse que a questão catalã é também um problema europeu, faz-nos suspeitar que a União Europeia vai intervir, seja lá como for. Eu penso que será através de algum Estado-membro, possivelmente o Estado-membro que atualmente preside à União Europeia, que é a Estónia”, disse à euronews.


Já o líder do Partido Popular Europeu, família a que pertence o governo espanhol de centro-direita (PP, liderado por Mariano Rajoy), criticou a declaração de independência feita nove dias depois do referendo.

“As decisões unilaterais só podem tornar as coisas dramaticamente piores. Pedimos urgentemente o diálogo com base na constituição espanhola”, escreveu o alemão Manfred Weber, no Tweeter.

A correspondente da euronews em Bruxelas, Ana Lazaro, acrescenta que “com esta declaração, o presidente catalão tenta ganhar tempo para o governo espanhol aceitar a mediação internacional, que, segundo muitos, deveria vir da Europa”.