Última hora

Última hora

Oposição venezuelana não vai a eleições

Os principais partidos da Mesa da Unidade Democrática, aliança de oposição ao governo venezuelano, não se apresentarão às eleições municipais do próximo mês de dezembro.

Em leitura:

Oposição venezuelana não vai a eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Os principais partidos da Mesa da Unidade Democrática, aliança de oposição ao governo venezuelano, não se apresentarão às eleições municipais do próximo mês de dezembro. Apesar das divisões no seio do grupo, as principais formações consideram que não há condições para fazê-lo:

“Chegámos a um tal nível de degradação, nas eleições, que se não pusermos um travão e conseguirmos que, dentro da Venezuela, o povo e a democracia internacional nos ajudem a mudar e clarificar as regras eleitorais, então iremos para uma eleição presidencial em que o governo vai eleger o candidato que quiser”, adiantou Júlio Borges, Presidente da Assembleia Nacional.

Enquanto o presidente venezuelano acusa a oposição de reconhecer os resultados eleitorais apenas quando ganha, no seio desta, dividida desde a derrota eleitoral de 15 de outubro, há quem proponha um candidato único às presidenciais do próximo ano.