Última hora

Última hora

Operação anticorrupção atinge bolsa da Arábia Saudita

Ainda sem causas conhecidas está a queda de um helicóptero em que terá morrido o vicegovernador da província de Asir.

Em leitura:

Operação anticorrupção atinge bolsa da Arábia Saudita

Tamanho do texto Aa Aa

A operação anticorrupção ordenada pelo princípe herdeiro da Arábia Saudita, que levou à prisão este fim de semana uma dezena de príncipes e pelo menos quatro ministros, está a alastrar-se aos mercados.

A bolsa saudita caiu mais de um por cento na reabertura desta segunda-feira, arrastada sobretudo pela Al Tayyar Travel, a companhia de viagens cujo valor afundou logo 10 por cento após saber-se que o fundador estava entre os detidos.

Entre as mais de duas dezenas de detidos está também o príncipe Alwaleed bin Talal, o mais famoso investidor saudita além fronteiras.

Entretanto, um helicóptero transportando elementos da administração do reino despenhou-se na província saudita de Asir, provocando a morte dos oito ocupantes. Entre as vítimas — adianta a Al Arabya — estará o príncipe Mansour Bin Muqrin, que já havia sido afastado da linha de sucessão pelo rei Salman e era o atual vicegovernador de Asir.

Ainda não são conhecidas as causas deste acidente.