Última hora

Última hora

Tiroteio numa igreja do Texas faz várias vítimas mortais

O atacante morreu, no condado vizinho de Guadalupe, após uma perseguição de carro. Não se sabe se foi abatido pelas autoridades ou se cometeu suicídio.

Em leitura:

Tiroteio numa igreja do Texas faz várias vítimas mortais

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 27 pessoas terão morrido e cerca de 30 terão ficado feridas num tiroteio, este domingo, numa igreja, no estado norte-americano do Texas.

De acordo com o departamento de Sheriff do Condado de Wilson, o atacante morreu, no condado vizinho de Guadalupe, após uma perseguição de carro. Não se sabe se foi abatido pelas autoridades ou se cometeu suicídio.

O incidente ocorreu na Primeira Igreja Batista, na pequena localidade de Sutherland Springs, a 45 quilómetros a sudeste de San Antonio.

De acordo com testemunhas homem terá entrado no templo, por volta as 11 horas e 30 minutos locais, 18.30 de Lisboa, altura em que decorria a celebração. Estima-se que mais de meia centena de pessoas estivesse dentro do edifício.

O número de vítimas ainda não foi apurado. De acordo com alguns órgãos de comunicação social, o número de mortos deve rondar as três dezenas. De acordo com uma testemunha, citada pelos media locais, uma criança com pouco mais de dois anos, estará entre os feridos.

Estão ainda por apurar a identidade do atacante e as razões pelas quais entrou na igreja e começou a disparar indiscriminadamente sobre os fiéis.

O presidente norte-americano, que se encontra em visita oficial pela Ásia, já se pronunciou. Donald Trump recorreu à rede social Twitter:
Na mensagem escreveu: “Que Deus esteja com as pessoas de Sutherland Springs, Texas. O FBI e as forças de autoridade estão no local.” Trump conclui dizendo que está a “monitorizar a situação a partir do Japão”.


O governador do Estado do Texas, Greg Abbott, deixou, também, uma mensagem às vítimas e respetivas famílias, no Twitter, pouco depois do tiroteio:
“As nossas orações estão com todas as pessoas apanhadas por este ato terrível. Agradecemos às forças de segurança pela resposta”.


O governador informou que as autoridades irão prestar mais informações em breve.