Última hora

Última hora

Zanga familiar na origem do ataque no Texas

De acordo com as autoridades, Devin Patrick Kelley horas antes de ter matado pelo menos 27 pessoas na igreja batista de Sutherland Springs, terá tido um conflito doméstico. Aliás, o local era frequentado pela sogra de Kelley, que este domingo não assistiu à celebração.

Em leitura:

Zanga familiar na origem do ataque no Texas

Tamanho do texto Aa Aa

Uma grande discussão com a família e, sobretudo, com os sogros pode ter estado na origem do ataque na igreja do Texas, nos Estados Unidos. De acordo com as autoridades, Devin Patrick Kelley horas antes de ter matado pelo menos 27 pessoas na igreja batista de Sutherland Springs, terá tido um conflito doméstico. Aliás, o local era frequentado pela sogra de Kelley, que este domingo não assistiu à celebração.

Freeman Martin, diretor regional do Departamento de Segurança do Texas, explicou também que “a causa da morte e as circunstâncias da morte do atirador vão ser determinadas durante a autopsia. De qualquer forma, os investigadores encontraram provas no cenário do crime que mostra que o suspeito disparou contra ele próprio. Não houve motivos raciais, nem religiosos. Houve uma “situação doméstica” com a família e sogros”.

Devin Patrick Kelley tinha 26 anos e um passado conturbado. Em 2010 entrou na Força Aérea, mas em 2012 foi condenado por um tribunal marcial a um ano de prisão por violência doméstica.
Mais tarde foi professor de estudos bíblicos mas também abandonou a profissão.