Última hora

Última hora

Mosaico atrai artistas brasileiros

Em leitura:

Mosaico atrai artistas brasileiros

Tamanho do texto Aa Aa

Do Brasil para Itália. Um grupo de artistas decidiu envolver-se num projeto assinado por uma artista italiana que está a correr o mundo

Inspirada na obra do catalão Antoni Gaudí, uma artista italiana decidiu recuperar uma praça na Toscana localizada em frente a uma igreja que há duas décadas ganhou vida através da arte. Os azulejos são a chave do trabalho artístico minucioso que pode vir a tornar-se o maior do mundo, destronando o recorde detido atualmente pelo Vietname.

"O mosaico é dedicado à visão de Ezequiel, à visão profética incluindo a visão de uma fonte batismal que ao ser tocada faz tudo florescer. Dá vida à vegetação, à Terra e é representada através de árvores cobertas de folhas e de fruta. Os peixes representam o sonho, eles voam sobre a terra, sobre a água e isto representa a parte boa do homem, o paraíso onde estamos bem e tudo é como num sonho. A outra parte, mais pequena, representa o mal. A parte desertificada do homem e da terra, mas sobretudo do homem" refere Andreina Giorgia Carpenito, autora e artista.

Uma obra onde também se fala português. O projeto cativou um grupo de artistas brasileiros não só pela dimensão artística, mas também social.

"O nosso grupo ficou encantado com o projeto e decidiu vir aqui e dar uma pequena contribuição, não só pelo valor histórico do projeto - que pensamos será uma marca na história do mosaico - mas também pelo aspeto social deste trabalho. O que mais nos impressionou foi o sentido de arte e comunidade, de paz social e de uma comunhão. Isto é mais do que apenas arte e mosaico, por isso decidimos vir", refere Simone Berton, do grupo "Mosaico Paulista".

A necessitar de obras, a igreja do Espírito Santo esteve perto de fechar portas por falta de financiamento, mas artistas como estes impediram o pior. Hoje, a arte permite recuperar espaços e atrair visitantes, dinamizando a economia local.