Última hora

Última hora

Papa encontra refugiados rohingya

O Papa Francisco encontrou-se no Bangladesh com três famílias da minoria muçulmana rohingya

Em leitura:

Papa encontra refugiados rohingya

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco encontrou-se esta sexta-feira no Bangladesh com 16 membros da minoria muçulmana rohingya, um grupo de três famílias que vivem nos campos de refugiados da província bengalesa de Cox’s Bazar.

Foi a primeira vez que o Papa utilizou a palavra “rohingya” desde o início da sua viagem pela Ásia, esta semana.

“Não fechemos os nossos corações, não desviemos o nosso olhar. A presença de Deus hoje chama-se também Rohingya”, disse Francisco. “Em nome daqueles que lhes causaram danos, diante da indiferença do mundo, peço-vos perdão.”

O encontro aconteceu no final de uma reunião inter-religiosa na qual participaram muçulmanos, budistas, hindus, católicos e cristãos doutras confissões.

Com 160 milhões de habitantes, o Bangladesh enfrenta desde há três meses o exílio forçado de mais de 620 mil muçulmanos rohingya que fogem a perseguições na Birmânia.