Última hora

Última hora

Paulo Fonseca deixa "marca do Zorro" na Champions

O treinador português do Shakhtar Donetsk prometeu e cumpriu: Qualificado para os oitavos, apareceu mascarado na conferência de imprensa.

Em leitura:

Paulo Fonseca deixa "marca do Zorro" na Champions

Tamanho do texto Aa Aa

Este é Zorro - Paulo Zorro Fonseca. O técnico português do Shakhtar Donetsk prometeu e cumpriu. Foi vestido de Zorro que se apresentou na conferência de imprensa, depois da vitória dos ucranianos sobre o Manchester City, que garantiu a passagem aos oitavos de final da Champions.

"Foi um jogo quase perfeito. Derrotar o Manchester City nunca é uma tarefa fácil. Fomos uma equipa muito unida, com muita organização na defesa e muita qualidade no ataqie", disse Fonseca. O Shakhtar venceu o City por 2-1.

Quando começou a competição, tudo parecia jogar contra a equipa ucraniana: O Shakhtar estava num dos grupos mais fortes, com o City, o Nápoles e o Feyenoord. Fonseca disse que se conseguisse a qualificação se vestiria de Zorro e assim foi. Apareceu sorridente e com os trajes do conhecido justiceiro mexicano, defensor dos fracos que derruba os mais fortes, tal como o ex-treinador do Futebol Clube do Porto fez.

O atual campeão da Ucrânia continua a jogar em casa emprestada, no estádio Metalist de Kharkiv. O conflito no leste da Ucrânia obrigou-o a sair da cidade-sede, Donetsk - mais uma razão para esta vitória ter tido um sabor especial.