Última hora

Última hora

Saldos fazem disparar emprego em Espanha

Em leitura:

Saldos fazem disparar emprego em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

A época de saldos em Espanha deverá ter um impacto considerável nas estatísticas do emprego, com a realização de mais de 153 mil contratos de trabalho até ao final do mês de fevereiro.

Segundo um estudo da empresa de recrutamento Randstad, 2018 vai marcar um crescimento de 13,9% na criação de emprego em relação ao mesmo período de 2017, no qual foram formulados 134.699 vínculos laborais.

Nos últimos cinco anos, a contratação de trabalhadores na época de saldos registou sempre aumentos acima dos 10%, depois de ter atingido o valor mínimo dos derradeiros sete anos em 2013, durante a crise económica, no qual foram oficializados apenas 66.727 empregos.

O comércio eletrónico vai mesmo ser o grande motor desta expansão, mas os setores do comércio, transportes e logística estão igualmente em destaque no estudo divulgado esta terça-feira pela empresa.

Apesar de se tratar de trabalho temporário, os peritos valorizam esta fase de saldos como uma oportunidade para os profissionais reforçarem a sua experiência e conseguirem um emprego estável.

"As contratações geradas na campanha de saldos são uma oportunidade excelente para os profissionais que querem ampliar a experiência laboral no mercado de trabalho e aumentar, em todos os casos, as suas capacidades e a sua empregabilidade", afirma Luis Pérez, diretor de Relações Institucionais da Randstad Espanha.