Última hora

Última hora

Protestos contra a austeridade continuam na Tunísia

Em leitura:

Protestos contra a austeridade continuam na Tunísia

Protestos contra a austeridade continuam na Tunísia
Tamanho do texto Aa Aa

Na Tunísia continuam os protestos contra o novo orçamento e a política de austeridade. 

Esta sexta-feira, cerca de duzentas pessoas desfilaram no centro da capital e mostraram cartões amarelos ao governo. Reunidos sob o lema do movimento "Do que é que estamos à espera?", próximo do partido da oposição, Frente Popular, os manifestantes criticaram também a subida dos preços e a falta de emprego.

Rahma Bensalem, uma das manifestantes, conta que o protesto foi totalmente pacífico. Aconteceu à luz do dia e com caras à mostra. Explicou que os protetos não pedem a queda do governo.Pedem o fim dos artigos da lei que são injustos e que introduzem novas taxas aos cidadãos.

Quase sete anos depois do início da Primavera Árabe, na Tunísia, aumenta a desilução as críticas contra o governo e a austeridade. A polícia fala em roubos, incêndios e bloqueios de ruas. 

O exército foi chamado para controlar a situação. 

Desde o início da semana, mais de 700 pesssoas foram detidas.