Última hora

Última hora

Sobe para 30 mortos balanço de ataque a hotel de Cabul

Em leitura:

Sobe para 30 mortos balanço de ataque a hotel de Cabul

Tamanho do texto Aa Aa

Subiu para mais de o número de 30 mortos, entre os quais 14 estrangeiros, do ataque contra um hotel de luxo de Cabul, que só terminou na madrugada deste domingo, depois de doze horas de pesadelo.

Os números são avançados por um dirigente no anonimato, citados pela agência Reuters.

Horas antes um porta-voz do ministério afegão do Interior, tinha referido que eram 18 as vitimas mortais precisando que a ação foi perpetrada por quatro homens armados e não três, como tinha sido inicialmente indicado.

Os quatro atacantes foram mortos pelas forças de segurança que, segundo a mesma fonte, "resgataram 126 pessoas, incluíndo 41 estrangeiros" do interior do hotel Intercontinental de Cabul, um dos dois hotéis de cinco estrelas da capital do Afeganistão.

Os atacantes introduziram-se no hotel por volta das 17h30, hora local, provocando uma explosão, antes de abrirem fogo de forma indiscriminada. Durante a noite, forças especiais apoiadas por militares da NATO recuperaram progressivamente o controlo do hotel, mas foi só já depois de amanhecer que o último dos atacantes, entricheirado com reféns, foi finalmente abatido.

O ataque ainda não foi reivindicado. O hotel Intercontinental de Cabul, que abriu as portas em 1969, já tinha sido visado em junho de 2011 pelos talibãs, numa ação que se saldou em 21 mortos. O último ataque contra um grande hotel da capital afegã, o Serena (também com cinco estrelas), aconteceu em março de 2014 e terminou com a morte de nove pessoas.