Última hora

Última hora

Davos debate desafios e dilemas da Europa

Em leitura:

Davos debate desafios e dilemas da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Os desafios e os dilemas que a União Europeia enfrenta foram o tema de um debate, no Fórum de Davos, moderado pela euronews.

O painel contou com as presenças, entre outros, de Ursula von der Leyen, ministra da Defesa da Alemanha e do ministro francês da Economia e Finanças, Bruno Le Maire.

O secretário-geral da OCDE defendeu que o multilateralismo é a chave para o futuro da Europa:

"O mundo está a mudar, o mundo em torno da Europa coloca cada vez mais desafios. O multilateralismo tem de ser a palavra-chave. De facto, foi isto que o presidente francês sugeriu, que seja o tema do próximo conselho ministerial da OCDE, em maio", declarou José Ángel Gurrí.

O primeiro-ministro da Polónia tentou defender a polémica reforma do sistema judicial, que já levou a Comissão Europeia a pedir, pela primeira vez na história, a ativação do artigo 7º do Tratado da União, uma opção "nuclear" que pode suspender direitos de Varsóvia no seio da UE.

"Estou absolutamente seguro que os nossos amigos em Bruxelas e os nossos parceiros em Paris e Berlim irão muito em breve perceber que o que queremos alcançar não é apenas mais um pouco de justiça nos países do antigo bloco comunista, mas também criar um sistema no qual investidores, cidadãos e empresas possam ter confiança", referiu Mateusz Morawiecki.

"Temos de ser capazes de debater diferentes pontos de vista sem nos separarmos. É isso que temos de aprender uns com os outros. Temos de olhar em profundidade para este caso e enfrentar esta questão. Vão ser momentos difíceis, mas penso que a consciência de que temos uma base comum, que temos um objetivo comum na União Europeia. É isso que nos une", respondeu a ministra da Defesa da Alemanha.

Apesar das divergências momentâneas, todos os presentes consideraram que a Europa vive um momento único para poder aprofundar a integração e manifestaram otimismo em relação ao futuro.