Última hora

Última hora

Dois advogados de Berlusconi na corrida às legislativas

Em leitura:

Dois advogados de Berlusconi na corrida às legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou o prazo para apresentar a lista de candidatos nas legislativas de Itália agendadas para 4 de março. Juízes, jornalistas e advogados - dois deles ao serviço de Silvio Berlusconi - dão a cara por diferentes partidos. Fora da corrida estão nomes como Beppe Grillo, fundador do Movimento 5 Estrelas e Sílvio Berlusconi do partido Força Itália que não se apresentam como candidatos nestas eleições.

O Movimento 5 Estrelas agora liderado Luigi Di Maio está em alta, mas a elevada taxa de popularidade não deve chegar para obter uma maioria parlamentar. As sondagens apontam para uma vitória da aliança de centro-direita composta pela Força Itália de Silvio Berlusconi, pela Liga Norte e pelos Irmãos de Itália, um partido nacionalista. Um polo creditado com mais de 35 por cento por cento das intenções de voto, segue-se o Movimento 5 Estrelas e o Partido Democrático liderado por Matteo Renzi desde 2013. A formação deve recolher pouco mais de 20 por cento das intenções de voto, uma percentagem que os dirigentes do partido encaram como uma derrota dada a dificuldade para negociar uma coligação.