Última hora

Última hora

Isabel Coixet triunfa nos Prémios Goya

Em leitura:

Isabel Coixet triunfa nos Prémios Goya

Tamanho do texto Aa Aa

Como é expectável nestas cerimónias, colocam-se primeiro em evidência as celebridades internacionais, como Penélope Cruz e Javier Bardem, presentes nuns Goyas arejados por leques vermelhos. Porquê? Por causa da campanha #MaisMulheres, que combate as desigualdades no cinema espanhol.

E por falar em cinema, o filme "Handia", que em basco significa "Gigante" - aliás, é a língua falada nesta obra - conquistou 10 Goyas, entre os quais o de Melhor Argumento Original e em categorias técnicas como Melhor Fotografia.

Mas quem conquistou as maiores distinções foi mesmo uma mulher.

Isabel Coixet recebeu o prémio de Melhor Realizadora por "La Librería", que também arrecadou os títulos de Melhor Filme e Argumento Adaptado. E é protagonizado pela atriz britânica Emily Mortimer.

Javier Gutiérrez impôs-se na corrida a Melhor Ator, pelo seu papel em "El Autor".

Por último, numa categoria onde Penélope Cruz era vista como a favorita, Nathalie Poza levou para casa o troféu de Melhor Atriz, pela sua interpretação em "No sé decir adiós".

Mais sobre cinema