Última hora

Última hora

Bruxelas promete 50 milhões de euros para incêndios em Portugal

Portugal recebe mais de metade da verba que o Fundo Europeu de Solidariedade desbloqueou também para Espanha, França e Grécia.

Em leitura:

Bruxelas promete 50 milhões de euros para incêndios em Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia vai dar mais de 50 milhões de euros a Portugal para ajudar à reconstrução das áreas destruídas pelos incêndios mortíferos que varreram o país, no verão e no outono.

Bruxelas vai desbloquear mais 49,1 milhões, a somar ao milhão e meio que foi entregue em novembro, o que soma um total de 50,6 milhões de euros pagos pelo Fundo Europeu de Solidariedade. Portugal tentou obter esta ajuda logo depois do incêndio de Pedrógão Grande, em junho, mas na altura os prejuízos não eram suficientes para acionar o fundo.

Agora, a Comissão propõe mais de 100 milhões de euros, não só para Portugal, como para três outros países afetados por desastres naturais no ano passado: "A Comissão aceitou os pedidos de Portugal, Espanha, França e Grécia para que recebam apoio do Fundo Europeu de Solidariedade, na sequência dos desastres naturais que sofreram em 2017. Visitei o centro de Portugal no final o ano passado e fiquei chocada com a amplitude dos estragos. Vi muita dor, depois desta tragédia que custou tantas vidas humanas", disse a comissária europeia para as Políticas Regionais, Corina Cretu

Esta ajuda da União Europeia pode vir a repetir-se nos próximos anos e até aumentar, se continuar a tendência para o aumento dos desastres naturais nos países no sul da Europa.