Última hora

Última hora

"Grande coligação" alemã começa a governar

Em leitura:

"Grande coligação" alemã começa a governar

Tamanho do texto Aa Aa

É o quarto mandato da chanceler alemã. Angela Merkel foi reconduzida ao cargo depois da luz verde dada pelo Parlamento.

A líder da CDU foi reeleita com com 364 votos a favor e 315 contra. É o caso de um deputado de extrema-direita vai, agora, ser obrigado a pagar uma multa no valor de 1000 mil por ter publicado nas redes sociais uma foto do boletim de voto contra a reeleição de Merkel.

Nove deputados alemães abstiveram-se.

Doze anos depois de ter chegado ao poder, Angela Merkel volta a liderar uma coligação. Os conservadores da União Democrata Cristã e da União Social Cristã vão governar com o SPD, Partido Social Democrata. O entendimento foi possível ao fim de cerca de meio ano de negociações e as mudanças estão à vista. O social-democrata Olaf Scholz foi o homem escolhido para ministro das Finanças e vice-chanceler. Mas esta é, apenas, uma das pastas consideradas chave que passam para as mãos dos sociais-democratas e que refletem algumas das cedências feitas pelos conservadores ao longo de quase meio ano de negociações.

Merkel de 63 anos assumiu o cargo de chanceler alemã pela primeira vez em novembro de 2005 inicia, esta quarta-feira, o quarto e, ao que tudo indica, último mandato à frente do Governo alemão.