Última hora

Última hora

Mike Pompeo diz que desnuclearização da Coreia do Norte é imperativa

Em leitura:

Mike Pompeo diz que desnuclearização da Coreia do Norte é imperativa

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, falou do encontro com Kim Jong-un na Páscoa, durante uma entrevista a uma rede de televisão nacional.

Pompeo encontra-se num périplo pelo Médio Oriente, que já o levou à Arábia Saudita e a Israel.

O secretário de Estado dos EUA disse que, durante a conversa com o líder da Coreia do Norte, referiu que a desnuclearização de Pyongyang era "irreversível."

"Todos os passos do processo interessam. O objetivo continua o mesmo: a desnuclearização de forma irreversível e verificável," disse Pompeo.

"É esse o objetivo da nossa Admnistração. O presidente Trump colocou pressão económica sobre a Coreia do Norte. E parece que isso teve efeito. É uma oportunidade para para fazermos algo para transformar o mundo se o conseguirmos."

Os líderes da Coreia do Norte e da Coreia do Sul encontraram-se na Zona Desmilitarizada da Coreia (ZDC), faixa de segurança que protege o limite de tréguas entre as repúblicas.

Kim Jong-un e Moon Jae-in assinaram um acordo histórico para a desnuclearização da Península Coreana, que representa uma mudança radical em relação às tensões do passado.

A revelação foi feita pelo gabinete presidencial da Coreia do Sul, que revelou algumas das promessas de Kim Jong-un.

O líder da Coreia do Norte garantiu, na cimeira, que as instalações que tem utilizado para efetuar testes nucleares, em Punggye-ri, serão encerradas já em maio e que todo o processo será "transparente e aberto à comunidade internacional."

A aproximação das duas Coreias não se fica só pelas promessas de paz, já que o Norte também irá mudar a hora para que ambos países partilhem mesmo fuso horário.