Última hora

Última hora

Geórgia acolhe exercícios militares com a NATO

Em leitura:

Geórgia acolhe exercícios militares com a NATO

Geórgia acolhe exercícios militares com a NATO
Tamanho do texto Aa Aa

A Geórgia deu início na quarta-feira a exercícios militares conjuntos com a NATO.

"Ajudar a desenvolver as nossas forças e torná-las mais fortes"

General Joseph L. Lengyel Exército, EUA

Os exercícios envolvem um total de cerca de três mil homens provenientes da Geórgia, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Turquia, entre outros. A operação Nobel Partner 2018 tem uma duração prevista até 15 de agosto.

O exército norte-americano transportou material pesado da Europa para a Geórgia para participar nos exercícios.

"(...) Três coisas que queremos fazer. Primeiro, trabalhar na preparação da força, tornar os nossos militares melhor preparados para o combate, melhorar o treino dos soldados de forma a poderem cumprir melhor as suas funções; trabalhar na integração com forças militares de nações parceiras. penso que este exercício ao longo de duas semanas vai-nos dar oportunidade para fazer isso; ajudar a desenvolver as nossas forças e torná-las mais fortes.
Isso é importante", afirmou o general norte-americano Joseph L. Lengyel.

O exercício militar tem lugar numa altura de aumento das tensões entre alguns países ocidentais como o Reino Unido e os EUA e a Rússia. A Geórgia pretende um dia juntar-se à Aliança Atlântica. A Rússia, contudo, opõem-se.

É importante recordar que dentro de poucos dias cumprem-se dez anos sobre o conflito de curta duração entre a Geórgia e a Rússia que levou ao reconhecimento pela Rússia das províncias separatistas da Ossétia do Sul e da Abcázia.