Última hora

Última hora

Israel abate sete alegados membros do Daesh

Em leitura:

Israel abate sete alegados membros do Daesh

Israel abate sete alegados membros do Daesh
Tamanho do texto Aa Aa

Um ataque de Israel matou sete alegados combatentes do Daesh nos montes Golã, na Síria, e "impediu assim um incidente grave", segundo foi anunciado pela rádio israelita. Os comandos militares confirmaram que as vítimas eram combatentes armados, que operavam no sul da região dos Golã, mas não falaram em números. Ao mesmo tempo, o governo israelita congratulou-se pelo que diz ser o fim da guerra civil na Síria, embora isso ainda não seja uma certeza, pelo menos a nível internacional, e pela retoma do controlo da região por parte das forças leais a Bashar el-Assad.

"As nossas defesas antiaéreas estão preparadas e prontas a mostrar o que valem no momento da verdade. Quanto ao que se está a passar do outro lado, na Síria, do nosso ponto de vista a situação está a voltar ao que era antes da guerra civil, no sentido em que há claramente alguém a quem nos podemos dirigir, há alguém responsável e uma autoridade central", disse o ministro israelita da defesa, Avigdor Lieberman.

Apesar de tudo, a situação entre a Síria e Israel está longe de estar apaziguada. Na semana passada, os israelitas abateram um avião sírio que terá entrado na zona-tampão dos Golã.

A Rússia vai enviar militares para patrulhar a zona fronteiriça entre Israel e a Síria, nos Golã e estabelecer oito postos de observação.