O regresso do bisonte europeu

Access to the comments Comentários
De  Alexandru Mironescu
Bisontes regressam à Roménia
Bisontes regressam à Roménia   -   Direitos de autor  Euronews/screengrab

Dois séculos depois de serem caçados até à extinção na Roménia, os bisontes regressaram às florestas virgens do país.

São um exemplo das espécies "guarda-chuva", porque permitem o crescimento da flora e da fauna que as rodeiam. Várias organizações estão envolvidas no projeto para trazer de volta estes animais. Neste momento acompanham a vida de 34 bisontes.

A Euronews foi conhecer este projeto e a participação da “Fundação Conservação Carpathia”, que faz parte de um programa europeu apoiado pela Comissão Europeia. O objetivo é a recuperação de habitats danificados e conseguir, até 2024, uma manada com 75 bisontes.

Os técnicos da fundação explicam que os animais são herbívoros e, por isso, mantém a saúde dos pastos e criam espaço, micro-habitats, para outras espécies. Dizem “com orgulho” que a Roménia é um dos poucos países onde os bisontes voltaram a encontrar o seu lugar no habitat natural.

A região sul dos Cárpatos é um importante património natural do continente europeu. A Roménia abriga mais de 500 mil hectares de florestas virgens e antigas, mais do que qualquer outro país da União Europeia. O país tem muitos recursos naturais e a maior floresta mista que resta na Europa.

A “Fundação Conservação Carpathia” deixa o alerta : é preciso regular e gerir de forma sustentável as árvores e assegurar que a próxima geração herda uma floresta maior do que aquela em que vivemos agora. E com mais bisontes.