Rússia e Ucrânia acusam-se de terrorismo em Asssembleia-geral da ONU

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Marcas de sangue numa rua de Kiev alvo do bombardeamento desta segunda-feira
Marcas de sangue numa rua de Kiev alvo do bombardeamento desta segunda-feira   -   Direitos de autor  AP Photo/Efrem Lukatsky, File   -  

Vai ser votada em público na Assembleia Geral das Nações Unidas a resolução sobre a anexação russa dos territórios ucranianos, como solicitou a Albânia.

Dos 193 países, 107 estados membros decidiram por uma votação pública, 13 votaram contra e 39 abstiveram-se. O debate e a votação deve acontecer esta quarta-feira.

O último ataque russo foi o mais intenso em meses. Matou 14 pessoas e feriu dezenas. 

O embaixador ucraniano fala de terrorismo. "Ao lançar ataques de mísseis contra civis, que estão a dormir ou a ir para o trabalho, ou contra crianças que estão a caminho da escola, a Rússia provou, mais uma vez, que é um Estado terrorista", afirmou Sergiy Kyslytsya, embaixador da Ucrânia na ONU. 

Moscovo coloca todas as responsabilidades na Ucrânia pelos mais de 80 mísseis que lançou sobre várias cidades ucranianas, na segunda-feira. 

Vassily Nebenzia, embaixador russo nas Nações Unidas, afirmou, no discurso, que os ataques foram apenas uma retaliação da explosão que aconteceu na ponte da Crimeia e acusou a Ucrânia de terrorismo. "O regime de Kiev está no mesmo nível das organizações terroristas mais ultrajantes", disse o embaixador russo, na Assembleia-geral da ONU. 

Mas não é só Putin a intensificar as ameaças. O vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, deixou uma promessa na rede social telegram: haverá mais ataques no futuro para "desmantelar a Ucrânia". 

Volodymyr Zelenskyy, o presidente ucraniano, não baixa os braços. No discurso diário, afirmou que "a Ucrânia não pode ser intimidada" e que só fica "mais convencida de que os terroristas devem ser neutralizados.".

Depois do ataque mais intenso em meses, em Kiev, aproveitam-se todas as horas do dia e da noite para trabalhos de limpeza.