This content is not available in your region

OMI leva a Jamaica até ao cume

OMI leva a Jamaica até ao cume
De  Euronews

<p>Na verdade, a música <a href="https://en.wikipedia.org/wiki/Cheerleader">Cheerleader</a>, do cantor jamaicano <a href="http://omimusiconline.com/mycheerleader/"><span class="caps">OMI</span></a>, foi composta em 2008 e lançada quatro anos mais tarde. Mas um remix realizado no ano passado pelo produtor alemão <a href="http://felix-jaehn.com/">Felix Jaehn</a> veio dar um novo alento a uma faixa que se tornou planetária. Depois de alcançar ouro e platina em vários países, Cheerleader tornou-se número um na tabela americana Billboard.</p> <p><em>“A palavra que me ocorre é ‘monumental’. Eu não sou americano. Para um artista que vem de uma pequena ilha caribenha, isto significa muito. É um momento de orgulho”</em>, declara o cantor.</p> <p>Para Omar Samuel Pasley (<span class="caps">OMI</span>), <em>“há tantos heróis vindos da Jamaica. Colocarem-me ao nível doutros artistas jamaicanos é fantástico. É uma grande responsabilidade. Não sou muito grande, mas vou tentar estar à altura, vou tentar corresponder às expetativas. Vou erguer esta bandeira musical e fazer aquilo que sei melhor.”</em></p> <p>O lançamento do seu próximo álbum está previsto para o outono.</p>