Última hora

Última hora

Os segredos do lago Baikal

Em leitura:

Os segredos do lago Baikal

Tamanho do texto Aa Aa

Baikal: nas profundezas deste lago encontra-se um quinto da água doce de todo o planeta.

Desde tempos imemoráveis as tribos siberianas de Buryatia acreditavam que estas águas eram dotadas de poderes mágicos.

A descoberta do lago Baikal esta semana em mais um episódio de “Russian Life”.

Denis Loktev, Euronews :

“O sudeste da Sibéria é um local composto por uma natureza luxuriante em torno do Lago Baikal.

Ele é tão profundo e tão grande que as pessoas aqui chamam-lhe mar. Mas a sua água é pura e fresca e um quinto da agua doce de toda o planeta encontra-se aqui. O Lago Baikal é também conhecido como a pérola da Sibéria”. Esta zona é habitada por centenas de espécies animais e vegetais. Aqui existem duas espécies de aves únicas no mundo. Apesar de ameaçadas, o lago consegue preservar a sua pureza, graças à um turismo moderado.

Mikhail Ovdin, Baikal parque nacional:

“Temos aproximadamente 30 mil visitantes por ano, a grande maioria prefere este tipo turismo extremo porque as nossas estradas e os nossos hotéis não estão suficientemente desenvolvidos.

As pessoas encontram aqui qualquer coisa de especial, qualquer coisa de familiar.

Alguns vêm admirar a unicamente a natureza, outros procuram a pesca, outros vêm para estudos científicos Os objetivos são diferentes para cada um”.

Antes de atingirmos a borda, temos de parar à entrada como num santuário para acalmar os espíritos que guardam as águas e dar-lhes peixe, leite e vinho.

A existência de Deus e de espíritos maléficos que povoam o mundo invisível é a base da crença do Xamanismo inerente ao povo do Buryatia.

Nos seus rituais, o Shaman entra em transe para comunicar com esse mundo e pede proteção aos espíritos e receber as orientações do reino além.

Bair Zyrendorzhiev, “Tengeri Buryat Shaman association” :

“O xamanismo é a crença natural do nosso povo, do povo Buryatia, que os nossos antepassados transmitem desde os tempos imemoriais e que os nossos filhos, creio eu, vão continuar depois da nossa morte. O Baikal é um dos lugares mais sagrados do xamanismo da Sibéria. A natureza e as águas do lago estão cheias de energia que liga qualquer pessoa aos seus antepassados, às forças do universo, da terra e dos povos”..

No inverno, o lago é sagrado, e a sua superfície, que equivale à área da Bélgica, está coberta de gelo. Ainda é possível vê-lo até finais de maio, mas a frescura pode sentir-se o ano inteiro, situação ideal para a Fauna e flora, muita diversificada.

O lado do lago que se estende o longo da falha tectónica é pontuado de fontes de agua quente.

São águas muito conhecidas pelos seus poderes curativos, elas atraem milhares de curiosos desde há séculos.

A tranquilidade e a serenidade destes sítios ressoam também numa outra religião do Buryatia

O budismo tibetano coexiste com o cristianismo e com o xamanismo um pouco por toda a república e mesmo na capital Ulan-Ude.

Anatoliy Zhalsarayev, especialista em religião :

“É claro que existem conflitos de interesse entre xamanistas e budistas ao nível dos dirigentes da organização. Mas para a maior parte das pessoas, isso não interessa muito. Elas vêm aqui quando precisam de conselhos. O mais importante para eles agora é viver em harmonia coletiva.”

AS tradições e as crenças antigas influenciam os rituais budistas que surgiram aqui por volta do século 17.

Hoje os budistas de Buryatia veneram a natureza virgem e intacta de Baikal, como um local sagrado da humanidade.

AS tradições e as crenças antigas influenciam os rituais budistas que surgiram aqui por volta do século 17.

Hoje os budistas de Buryatia veneram a natureza virgem e intacta de Baikal, como um local sagrado da humanidade.

Denis Loktev, Euronews :

“No próximo programa, vamos partir à descoberta do rio Volga. O rio mais longo da Europa que ocupa um lugar especial na história e cultura russas

Viagem no Volga, a acompanhar dentro de duas semanas em “Russian Life”.