Última hora

Última hora

Os vínculos profundos da mentoria

Em leitura:

Os vínculos profundos da mentoria

Tamanho do texto Aa Aa

As origens da mentoria remetem para a Grécia antiga e ainda é uma maneira popular de progredir hoje. O que faz um bom mentor? E como é que ter um pode fazer a diferença? Como é ter alguém para nos guiar e nos ajudar a realizar as nossas ambições? Descubra as respostas nesta edição de Learning World.

Líbano: encontrar um caminho

Em média, o desemprego no mundo árabe atinge os 15% e a força de trabalho está sempre em expansão. Dar aos jovens uma oportunidade de encontrar um trabalho nunca foi tão importante e, como o Banco Mundial sublinhou, a criação de emprego é vital. Uma ONG britânica, MOWGLI, pretende ajudar jovens empreendedores ambiciosos proporcionando serviços de mentoria.

Alemanha: palavras sábias

Embora o conceito de mentoria remeta para a Grécia Antiga, continua a ser uma forma poderosa de ajudar pessoas de todas as idades a progredir. A professora Nele Graf, leitora universitária, co-fundadora de uma rede de orientação e autora de publicações sobre este assunto, explica que a relação vai mais longe, que um mentor é mais do que um professor.

O mentor Gilberto Gil

Um mentor é mais do que um professor ou um treinador. Pode ser alguém com quem se cria vínculos profundos. É o caso da cantora egípcia Dina El Wedidi e do seu mentor, o músico brasileiro Gilberto Gil.